Notícias

A Brasil Insurance Participações e Administração S.A. (“Companhia”), sociedade anônima aberta, com ações ordinárias negociadas no Novo Mercado da Bovespa sob o código BRIN3, em atendimento às disposições da Instrução CVM nº 358/2002, comunica a seus acionistas e ao mercado em geral que, de acordo com sua estratégia de crescimento através da aquisição de participações em empresas de intermediação de seguros e resseguros, firmou contrato em 15 de abril de 2011 adquirindo o controle da Previsão Empreendimentos e Corretagens de Seguros Ltda. (“Corretora”), a 31ª corretora do Grupo Brasil Insurance. A Previsão, com sede no Rio de Janeiro e 33 anos de experiência no mercado de seguros, é uma corretora de seguros que atua, principalmente, nos seguimentos de vida, saúde e ramos elementares. A corretora apresentou em 2010 aproximadamente R$ 100 milhões em prêmios de seguros.

A Brasil Insurance passará a deter 51% das quotas representativas do capital social da Previsão e terá dividendos mínimos garantidos durante 4 anos. O valor da aquisição é de R$ 30,0 milhões somados a 2 parcelas anuais variáveis, calculadas com base em uma estrutura de earn-out, em função dos resultados futuros da Corretora. O preço total estimado para essa aquisição é de R$ 46,0 Milhões, sendo 80% pagos em dinheiro e 20% em ações da Brasil Insurance.

Conforme determinado pelo artigo 256, inciso I da Lei das Sociedades Anônimas (Lei 6.404/1976), a Companhia submeterá esta decisão a uma Assembleia Geral Extraordinária para deliberar sobre o assunto. Os acionistas que dissentirem da aquisição da Previsão Seguros terão o direito de se retirar da Companhia. Com relação ao exercício do direito de retirada, terão direito ao reembolso aqueles que eram acionistas em 15/04/2011, data da publicação deste fato relevante. O prazo para o acionista dissidente manifestar-se acerca da sua decisão de retirada da Companhia é de 30 (trinta) dias contados a partir da data de publicação da ata da Assembléia Geral Extraordinária que deliberará sobre esta aquisição.

Clique aqui para acessar a íntegra do documento.